/* Pardot */

Estômago hiperacídico e refluxo ácido

A hiperacidez do estômago resulta de uma secreção de ácido gástrico maior do que o normal. Se isto ocorrer, o pH do estômago é sempre extremamente baixo e a secreção de ácido gástrico é elevada.

Riscos associados a um estômago hiperacídico

A secreção excessiva de ácido gástrico apresenta um risco particularmente elevado quando associada a desconforto provocado por refluxo gastroesofágico ou refluxo ácido, ou seja, quando o conteúdo do estômago regressa pelo esófago até à boca. Ao contrário do estômago, a membrana mucosa do esófago não é resistente ao ácido e o conteúdo do estômago hiperacídico que sobe pode causar graves lesões.

Sintomas de estômago hiperacídico

Normalmente, um estômago hiperacídico causa sintomas apenas quando associado a refluxo ácido. Neste caso, o elevado conteúdo de ácido do estômago sobe até ao esófago, provocando azia (ardor esofágico). Os sintomas ocorrem frequentemente quando se ingere determinados tipos de alimentos e à noite, quando o conteúdo do estômago consegue subir mais facilmente para o esófago devido à posição deitada.

A hiperacidez do estômago aumenta o risco de úlcera péptica e quando combinado com um eventual refluxo ácido pode provocar danos na membrana mucosa esofágica.