/* Pardot */

Infeção por Helicobacter pylori

A Helicobacter pylori provoca uma inflamação da membrana mucosa do estômago conhecida como gastrite crónica que pode permanecer estável durante anos ou desenvolver para atrofia da mucosa gástrica (gastrite atrófica).

O que é uma infeção por H. pylori?

As infeções por H. pylori são comuns apesar de estarem a decrescer de forma estável nos países ocidentais com a melhoria dos padrões de higiene. A infeção é tipicamente contraída na infância.

Atualmente, nos países ocidentais, cerca de 15 a 20% das pessoas com idades compreendidas entre os 20 e os 30 anos estão infetadas. Um quarto das pessoas com idades entre 30 e 50 e mais de metade das pessoas com mais de 70 anos são portadoras da bactéria. Nos países em vias de desenvolvimento, 80% estão infetados pela bactéria e na China o número ascende a 90%.

A H. pylori pode, por si só, causar cancro. Pode também destruir a membrana mucosa do estômago expondo assim o estômago a substâncias carcinogénicas.

Riscos associados à H. pylori

A bactéria produz de forma eficiente acetaldeído derivado do álcool contido nos alimentos. O acetaldeído foi classificado pela OMS como uma substância carcinogénica.

Sintomas da H. pylori

A infeção é habitualmente assintomática. Em algumas pessoas pode provocar inflamação da membrana mucosa do estômago que pode resultar num maior risco de úlceras pépticas.
Suspeita-se que a H. pylori pode também causar desconforto abdominal superior também em doentes sem úlcera péptica. Contudo, esta ligação ainda tem de ser claramente demonstrada.
Uma inflamação da membrana mucosa do estômago provocada pela H. pylori pode permanecer estável durante anos, ou pode fazer com que o estômago perca lentamente toda a sua acidez. Um estômago sem acidez apresenta um fator de risco significativo de cancro gástrico.

Alguns métodos de teste são utilizados para diagnosticar a H. pylori. O GastroPanel test é uma forma fácil de verificar se existe infeção por H. pylori e de testar a saúde do seu estômago e o nível de secreção ácida gástrica.

A H. pylori aumenta o risco de doença de úlcera péptica e de cancro gástrico.