/* Pardot */

Cápsula de Acetium

As cápsulas de Acetium contêm L-cisteína que é um aminoácido natural. A L-cisteína liga o acetaldeído e converte-o num composto inofensivo que é excretado do corpo de forma natural. O acetaldeído foi classificado pela OMS como uma substância carcinogénica.
Se usa medicação antiácido numa base regular ou se sofre de um estômago sem acidez ou de infeção por Helicobacter pylori, as bactérias e leveduras da boca conseguem sobreviver no estômago. Estas bactérias e leveduras produzem acetaldeído de cada vez que consome bebidas alcoólicas ou alimentos que contêm álcool.
Os produtos Acetium com certificação CE estão disponíveis nas farmácias e na nossa loja online.

Acetaldeído e álcool

As bebidas alcoólicas são uma fonte significativa de exposição ao acetaldeído. O acetaldeído é o principal metabolito no álcool (etanol). Em muitas bebidas alcoólicas, está igualmente presente como um subproduto do processo de fermentação.
Os micróbios no trato gastrointestinal conseguem converter o álcool consumido em acetaldeído, o qual é, por sua vez, libertado na saliva, ácido gástrico e intestino grosso. Uma má higiene oral aumenta a formação local de acetaldeído a partir do álcool.

O acetaldeído encontra-se naturalmente em muitos alimentos e bebidas. É particularmente comum em alimentos que são produzidos por um processo de fermentação, tais como bebidas alcoólicas, vinagre, produtos lácteos, cerveja caseira e hidromel.
Graças ao seu agradável aroma parecido com o da maçã o acetaldeído é também utilizado com aromatizante alimentar em alguns produtos de pastelaria, sumos de frutas, bebidas, doces, sobremesas e produtos lácteos.